Infelizmente fui vítima de um hoax quando publiquei essa matéria e acabei disseminando desinformação. Mas graça ao professor Artur Henrique Leimann da Universidade Federal de Santa Catarina, estou podendo reparar o erro, mas e quando isso não acontece?

Você conhece uma bela história de amizade para contar? E um Hoax você conhece? Pois bem, está olhando para um abaixo. Veja sobre isso no site boatos.org. Quando publiquei a matéria abaixo e busquei por informação eram tantos hoax que acabei achando que tanta mentira era verdade, e o resultado foi a multiplicação de mais desinformação como na matéria abaixo. Portanto espero que o meu erro sirva de alerta para outras pessoas que possam ser vítimas da disseminação da desinformação.

Pois bem, eu conheço poucas. Mas um dia desses um amigo meu chamado Fábio Barros envio-me um link sobre uma bela história de amizade entre Placido Domingos e José Carreras.

Uma bela história como essa realmente nos coloca até em dúvida sobre sua veracidade tamanho ato de nobreza. Por isso mesmo resolvi fazer algumas buscas pela Internet afim de descartar a possibilidade de ser um hoax.

Para minha surpresa só encontrei matérias que confirmavam a história. Uma bela história de amizade como essa realmente parece existir apenas em contos de fadas.

Mas não, essa é verdadeira e está transcrita abaixo com um vídeo para ilustrar uma bela história de amizade. Tanto faz ler a transcrição quando o vídeo pois a história será a mesma, sendo que no vídeo temos mais emoção a flor da pele.

E não surpreenda-se se você emocionar-se!

Eis uma bela história que muitos poucos conhecem …

Refere-se a dois, dos três tenores que encantaram o mundo, cantando juntos.

Mesmo quem nunca visitou a espanha, conhece a rivalidade existente entre Catalães e Madrilenos, dado que os catalães lutam pela autonomia, numa espanha dominada por Madri.

Pois bem …

Plácido Domingo é Madrileno e José Carreras é Catalão.

Devido a questões políticas, em 1984, Carreras e Domingo, tornaram-se inimigos.

Sempre muito solicitados em todo o mundo, ambos faziam questão de exigir nos seus contratos, que só atuariam em determinado espetátulo se o adversário não fosse convidado.

Em 1987, apareceu a Carreras um inimigo muito mais implacável que o seu rival, Plácido Domingo.

Foi surpreendido por um diagnóstico terrível: Leucemia !!!

A sua luta contra o cancro foi muito difícil, tendo-se submetido a diversos tratamentos, a um transplante de meduula óssea, além de uma mudança de sangue, que o obrigava a viajar mensalmente até aos Estados Unidos.

Nestas circustâncias, não podia trabalhar e apesar de ser dono de uma fortuna razoável, os elevadíssimos custos das viajens e dos tratamentos, delapidaram as suas finanças.

Quando não tinha mais condições financeiras, tve conhecimento da existência de uma fundação em Madrid, cuja finalidade era apoiar o tratamento de doentes com Leucemia.

Graças ao apoio da fundação “Formosa”, Carraras venceu a doença e voltou a cantar.

Voltou a receber os altos cachés, que merecia e resolveu associar-se à fundação.

Foi ao ler os seus estatutos, que descobriu que o seu fundador, maior colaborador e presidente da fundação, era Plácido Domingo.

Depressa soube que Domingo tinha criado a fundação para ajudá-lo e que se tinha mantido no anonimato para que ele não se sentisse humilhado ao aceitar o auxílio do seu “Inimigo”.

Mas… o mais comovente foi o encontro de ambos.

Surpreendendo Plácido Domingo num dos seus concertos em Madrid, Carreras Interrompeu a atuação deste, subindo ao palco e humildemente, ajoelhou-se a seus pés, pediu-lhe desculpas e agradeceu-lhe publicamente.

Plácido ajudou-o a levantar-se e com um forte abraço, selaram o início de uma grande e bela amizade.

Mas tarde, uma jornalista perguntou a Plácido Domingo, porque criara a fundação “Formosa”, num gesto que além de ajudar um “inimigo”, ajudava também o único artista que poderia fazer-lhe concorrência.

A sua resposta foi curta e definitiva:

“Porque uma voz como aquela não poderia perder-se …”

Esta é, uma bela história real da nobreza humana e deveria servir-nos de inspiração e exemplo.

Uma Bela História de Amizade – Placido Domingos e José Carreras

2 COMENTÁRIOS

  1. Artur Henrique Leimann

    Desculpa, mas é hoax mesmo. O próprio Carreras faz questão de desmentir. Primeiro: ele e Domingos nunca foram inimigos, muito pelo contrário. Segundo: Domingos nunca criou Fundação alguma, pelo contrário: Carreras criou uma para auxiliar no combate à leucemia depois de curado. E também nunca solicitou ajuda de quem quer que seja durante seu tratamento, nem de pessoas (Domingo) como de fundações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.