O título desta matéria realmente nos empolga em um primeiro momento, entretanto ao final da leitura do mesmo recebemos um banho de água fria.

Que o Chromecast é uma revolução da interatividade entre; smartphones, notebooks, televisão, ninguém discute. Agora o preço que o mercado brasileiro optou por vende-lo aqui, realmente é vergonhoso. Não consigo entender como a gigante das buscas que teve seu foco em torna-lo um dispositivo barato para sua rápida disseminação no mercado, possa ter chegado aqui com preços tão elevados.

O valor inicial de venda nos Estados Unidos para o dispositivo foi de U$35,00 (Trinta e cinco dólares). Valor esse que já caiu para patamares de U$20,00 no mercado norte americano. Também pode ser encontrado no ebaypara importação nos respectivos valores.

Portanto o lançamento do Chromecast no Brasil, fugiu completamente da filosofia inicial do Google que era disponibilizar um dispositivo barato e acessível a todos. Isso porque o Google não tem o foco de suas conversões na venda do dispositivo, e sim na ampliação de seu mercado publicitário ao redor do mundo.

Ou seja, fomentar o acesso a dispositivos como esse é sem dúvida uma tacada de mestre para a democratização do acesso a web pela televisão. Entretanto, os valores praticados no Brasil, estão indo de encontro com a filosofia inicial do Google. Segundo Mario Queiroz, vice-presidente de produtos do Google, o Chromecast é visto com várias vantagens para o mercado, como a simplicidade do uso e acessível em termos de preços.

Para aqueles que já aderiram ao produto, não deixarão de concordar comigo. O Chromecast realmente torna o acesso a conteúdos de vídeo na web muito mais prazeroso, pois é assim que estamos acostumados a vê-los.

O fato de abolirmos o controle remoto, que é substituído por smartphones e notebook, também torna seu uso muito mais confortável.

E o Google vai mais além, pois tem a intensão de tornar o Chromecast um dispositivo já embarcado em outros aparelhos. Para quem não entendeu esse tecniquês, estamos dizendo que o Google tem a pretensão de que novos dispositivos como televisores já saiam de fábrica com esse recurso instalado.

O Netflix é um bom exemplo de como pode ser prazeroso assistir um filme pelo Chromecast em sua TV de Full HD. Mas o lançamento do produto no Brasil traz algumas novidades como acesso a rdio.com e vevo.

O único limite para o Chromecast é seu mercado, que está restrito a usuários de banda larga. Pois quando se pensa em ver filmes, pensamos logo em streaming e largura de banda. Há mais TVs no mundo com entrada HDMI que pessoas com banda larga. Portanto o fator limitante desse mercado não é o número de telas e sim o mercado de banda larga.

No futuro qualquer pessoa que pensar em ouvir uma música ou ver um filme irá pensar em streaming, e o Chromecast está ai para suprir essa necessidade.

Chromecast chega ao Brasil por 199 reais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.