Gif animado do ano para refletir

Gif animado do ano

Parodiando nosso ilustre apresentador Marcelo Tas, recriei o título “Gif animado do ano para refletir”. Marcelo Tas publicou esse Gif animado em seu blog, como o Gif polêmico do Ano de 2013. Realmente o Gif nos remete a uma reflexão que deveria ser mais profunda do que normalmente a analisamos.

Com a facilitação do crédito e a consolidação da classe C por uma parcela da sociedade que estava marginalizada, o carro próprio praticamente se tornou uma realidade para uma grande parte da sociedade brasileira. Entretanto nossas cidades não estão acompanhando esse crescimento e talvez nunca tenham como acompanha-lo. Pois como podemos ver no GIF animado o uso do carro nas grandes cidades parece ser algo irracional.

Como vivemos em uma sociedade muita individualista, talvez uma grande parcela vai alegar seu direito a transitar pelas ruas em seus próprios carros. Em parte esse argumento é verdadeiro, mas chegaremos, ou já chegamos, a um ponto que esse tipo de transporte nos levara a paralisação completa de nossas atividades. Ou mesmo passaremos grande parte de nossas vidas a nos deslocarmos de pequenos percursos feitos por longas horas de duração. E eu te pergunto;

– Isso é racional?

Grandes cidades precisam de grandes projetos de transporte coletivo de qualidade, e talvez só assim conseguiremos amenizar esse caos urbano. Não adianta argumentar que é preciso fazer avenidas mais largas, ampliação de rodovias, criação de viadutos, e etc, etc, etc pois essas medidas serão apenas paliativas diante do colapso que estamos perto de chegar. A curva de crescimento de carros nas ruas é imensuravelmente maior que os projetos para comporta-los.

A algumas décadas atrás, os municípios passaram a incorporar um lei orgânica que previa que novas construções deveriam possuir uma distância mínima das ruas para evitar em um futuro próximo a necessidade de desapropriação em razão de ampliação de ruas.

Mas essas medidas são paliativas, pois assim que essas mesas ruas forem ampliadas, não haverá uma segunda etapa. Ou seja, esse projeto de expansão e finito. Mas a expansão da frota não, essa sim cresce a cada dia, até o limite que não der mais.

O Gif animado nos prova que é preciso sim, focarmos nossas cobranças aos governantes, em melhoria dos transportes coletivos. E quando falo isso, me refiro em todos os sentidos. Motoristas mais bem preparados, obrigatoriedade do ar condicionado em todos os ônibus (E inconcebível que em um país tropical isso seja considerado luxo), proibição de transporte de passageiros em pé, prioridades para veículos coletivos nas grandes cidades. Investimentos em transporte de massas como metro.

Depois de todos esses investimentos, acredito que não será necessário nenhuma campanha para o uso de transporte coletivo, pois a adesão ocorrera naturalmente a medida que a população enxergar o quanto estará sendo mais vantajoso esse meio de transporte nas grandes cidades.

Veja algumas reflexões sobre o assunto em Transporte Público.

Gif animado do ano para refletir – Transporte coletivo é sustentabilidade

Facebook Comments