Coca-Cola! O buraco é mais embaixo 5

Coca-Cola! O buraco é mais embaixo

Nas últimas semanas depois que foi ao ar na Rede Record de televisão a matéria sobre o rato na Coca-Cola, o assunto tomou uma repercussão nas redes sociais que chegou a ter uma proporção de para cada 10 links compartilhados na rede social, 11 eram sobre o assunto do rato na Coca-Cola.

Não era para menos, o assunto é grave e envolve a toda poderosa Coca-Cola. Segundo o consumidor Goiano Wilson Batista de Rezende, no ano 2000 ele comprou um engradado de Coca-Cola que estava contaminado com veneno de rato, e junto de brinde veio uma cabeça de rato.

Ao ingerir a Coca-Cola contaminada o consumidor teria sofrido uma intoxicação exógena pela ingestão do veneno. Em consequência da intoxicação sofre até hoje espasmos regularmente. Em razão disso, Wilson acionou a Coca-Cola para tentar obter na justiça uma indenização que deverá ajudá-lo em seu tratamento.

Pude observar de tudo, nesse período. Desde os céticos, aos mais desesperados. Existe uma segmento que argumenta que o lacre da Coca-Cola pode ter sido violado, apesar de Wilson possuir um laudo pericial que informa o contrário.

Podemos analisar o fato de várias perspectivas. Existe a perspectiva da concorrência, como a Dolly, que criou junto com alguns políticos um intriga a respeito da fórmula da Coca-Cola, com o intuito de quebrar a liderança econômica da Coca-Cola no mercado, diga-se de passagem que acabou dando em nada, quando alguns desses mesmos políticos acabaram se envolvendo em alguns escândalos.

Existe a perspectiva da Rede Record que por não possuir patrocínio da Coca-Cola a anos, não se rogou em divulgar a matéria diferentemente das outras emissoras que procuraram não fomentar o fato e ainda por cima se restringiram a notas da própria Coca-Cola.

Existe a perspectiva do próprio Goiano Wilson, que precisa de apoio ao seu tratamento e por isso acionou a Coca-Cola.

Em um dado momento todas essas forças se movimentaram em uníssono para um interesse comum, e pimba, um movimento massivo nas redes sociais estava criado.

A questão de quem tem a razão está nas mãos da justiça. Mas o que tenho visto, e que ninguém está questionando, e o fato do lacre da Coca-Cola e demais refrigerantes poderem ser violados.

Isso e um fato gravíssimo, pois abre margem para a perspectiva de um terceiro agente nesse caso. Existem sim a possibilidade de tanto a Coca-Cola, quanto o Winson estarem falando a verdade. Pois a contaminação pode ter acontecido em outro local, além da fábrica e a casa do Goiano.

A questão é essa mesmo. Uma terceira pessoa pode ter inserido esse rato dentro da garrafa com o intuito ou de prejudicar a própria Cola-Cola, ou mesmo de praticar a corriqueira maldade humana.

Nada impede que um funcionário revoltado de algum estabelecimento contamine um produto desses a fim de descarregar sua frustração de vida. Isso mesmo, nada impede, já que um lacre desses pode ser violado sem parecer que foi violado.

E essa questão é muito grave, e talvez seja por isso que a própria Coca-Cola não está tentando usar esse argumento diretamente em sua defesa.

Com esse escândalo, todos nos saímos perdendo, pois não podemos mais confiar no lacre de um refrigerante. Simbolo que deveria garantir a integridade de um produto entre fábrica e consumidor final.

Coca-Cola. O buraco é mais embaixo

Talvez o terceiro elemento causador dessa desgraça na vida de Wilson e a Coca-Cola nunca vá para a cadeia. E a pergunta que não quer calar é “Quem será o próximo Winlson ?”.

Veja como é possível violar o lacre dessas bebidas aqui.

5 thoughts on “Coca-Cola! O buraco é mais embaixo

  1. Reply Jânio out 5,2013 16:49

    Olá Jacques:

    Eu confesso que não dei os devidos créditos para essa historia até ver a matéria aqui.

    Todos nós sabemos dos interesses de grandes corporações em conspirar contra essas marcas, e a Coca-Cola sempre teve problemas com a concorrência no Brasil, onde quase monopolizou o mercado. A Coca-Cola não é a única a fazer isso, o setor de cerveja está pior.

    Eu sou da opinião que nenhum refrigerante é saudável, mas daí até a prática criminosa, envolvendo um inocente, há uma distância e tanto.

    Não há como provar que a Coca-Cola seja responsável por isso, como de fato não é. A busca pelos responsáveis será muito complicada.

    Eu sou a favor de o governo pensar em criar um fundo de previdência para os mercadores de veneno em forma de refrigerante, já que dificilmente se chegará há um culpado e todas as empresas tem capacidade de promover a qualidade e também de atacar a concorrência, assim como ser responsáveis pelos crimes, mas é difícil provar.

    ABS

    • Reply tedioso out 5,2013 17:21

      Olá Janio,

      Esse caso me deixou muito preocupado, não pelo fato da contaminação do produto na fábrica que acho muito improvável, mas pelo fato de lacres poderem ser violados e parecerem que não foram. A segurança que tínhamos ao comprar um produto desses era justamente a não violabilidade de seus lacres, o que nos garantiria o padrão de qualidade desses produtos, entre fábricas e consumidores. Já que eles podem ser violados facilmente e até passar despercebidos por perícias, não há como confiarmos na origem do produto.

      Eu já tinha por hábito sempre que fosse comprar água em camelô ou outro estabelecimento, dar preferência a água gasosa, justamente por ser mais difícil de ser adulterada.

      Mas nunca tinha passada por minha cabeça que um lacre pudesse ser violado sem parecer que foi. Achava que o máximo que poderia acontecer, seria envazarem água de bica como mineral, mas para isso teriam que usar garrafas originais usadas, ou mesmo clonar suas etiquetas, e utilizar máquinas de envasar, tampar e selar compradas facilmente como esse link http://www.delgo.com.br/agua-mineral.html.

      Um grande abraço

  2. Reply Lisete Terezinha Dos Santos out 17,2013 17:26

    Desde que me conheço por gente, nunca em momento algum, soube de algum feito que desmoralizasse a COCA-COLA, também não acredito, pois a COCA-COLA, é uma empresa grande no mundo todo e não iria deixar acontecer um problema grave como esse. Isto com certeza é intriga da oposição!!!

  3. Reply Luciana castro dez 17,2013 11:42

    isso é mentira a coca-cola venceu o processo por falta de provas. Como que uma cabeça de rato não derreteria se há tanto acido na bebida e como essa mesma cabeça passaria pelo gargalo da garrafa. O acusador ainda vai ter que pagar as custas do processo porque além de ter perdido, as provas que apresentou não foram convincentes, eram todas forjadas leiam isto:http://www.e-farsas.com/consumidor-encontra-cabeca-de-rato-em-garrafa-de-coca-cola.html.
    Busquem as informações corretas antes de sair espalhando mentiras por ai.

    • Reply tedioso dez 17,2013 13:44

      Olá Luciana,

      Parece que você não leu o post todo, pois é exatamente isso que estamos abordando. O acusador possui uma laudo da própria perícia judicial, afirmando que o lacre não foi violado. Em minha modesta opinião é bem provável que o lacre tenha sido viola-do, mas de forma a parecer que não foi como no link que mencionamos na matéria. E isso pode ter sido feito em um outro momento, que não na fabricação devido a seu auto padrão de qualidade e nem pelo autor do processo. Um terceiro elemento pode ter feito essa contaminação. Mas se você tive-se lido o artigo iria entender melhor onde então encontra-se o risco por um lacre ser violável e parecer que não foi.

Leave a Reply