Bafômetro, como não ser pego

Bafômetro, como não ser pego

Essa talvez seja a dúvida que muitos brasileiros tem hoje. Acredito que muitos gostariam de encontrar uma forma de não correr o risco de ser parado em uma blitz e ser pego no bafômetro, pois bem, criei algumas alternativas abaixo.

A primeira alternativa é não beber. Com certeza você não terá problemas com o bafômetro, entretanto talvez essa não seja a opção a que procura, porque provavelmente você está interessado em beber. E justamente por isso veio ler esse post. Então vamos logo para segunda alternativa.

A segunda alternativa é; se beber não dirija. Você terá uma boa experiência se entregar as chaves do carro para algum amigo que não tenha bebido e esteja devidamente habilitado. O bafômetro e a bliz vão ser tirado de letra caso você opte por essa segunda opção. Mas seu caso pode ser outro, e você não tem para quem entregar a chave, seja porque todos beberam, ou pelo fato de estar desacompanhado. Então passemos para terceira alternativa.

A terceira alternativa é você beber uma cerveja sem álcool. Neste caso você estará resolvendo o problema do condutor do veículo, seja porque todos beberam, ou pelo simples fato de você ser um forever alone. Se mesmo depois dessas três alternativas você ainda não se deu por satisfeito, deveremos então seguir para a quarta alternativa.

A quarta alternativa consiste em você ir para a bebedeira de táxi. Essa alternativa tem alguns pontos importantes além de não correr risco de ser pego no bafômetro. Você vai economizar com o flanelinha, não vai gastar combustível e ainda por cima ficar livre do risco de um sinistro com o carro, isso no caso de você ter um seguro. Mas mesmo assim você não ficou satisfeito, pois você é parente do jegue ou é daqueles que acham que os acidentes acontecem com os outros, pois você é cuidadoso e responsável mesmo depois de beber. Então você deve ler a quinta alternativa e segui-la por sua conta e risco.

A quinta alternativa consiste na ingestão de um remédio para driblar o bafômetro. Esse remédio tem sido utilizado por muitos jumentos e jumentas assim que chegou no Brasil. Ele é um remédio indicado no tratamento do alcoolismo, e acelera o metabolismo, diminuindo o efeito do álcool no organismo. O Metadoxil é um derivado da vitamina B6 e virou febre nas grandes capitais do país, sendo utilizado por jegues que querem assumir o volante depois de baladas regadas a cerveja, vodca e uísque. A pesar do medicamento possuir tarja vermelha, o que condiciona sua venda mediante apresentação de receita, ele é facilmente comprado nas farmácias de todo Brasil. Caso queira saber mais sobre esse assunto, confira esse link remédio para driblar bafômetro.

Se depois de todo esse texto eu não te convenci que bebida e direção não combinam, então veja o depoimento emocionante da Jaqueline Saburido, que ficou deformada depois que seu carro pegou fogo apôs ter se chocado com outro que era dirigido por um motorista alcoolizado. Lembre-se que a morte é só uma das dores que envolve motoristas bêbedos em acidentes de carro. Você pode ficar com uma sequela e a culpa para o resto de sua vida.

Bafômetro, como não ser pego

Leave a Reply